sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Projeto EDUCAÇÃO NO TRANSITO




EDUCAÇÃO NO TRANSITO 


PLANO DE AULA
OBJETIVOS E METODOLOGIA
Orientar os alunos sobre a atenção que deve ser dada ao transito.
Observar, não arriscar passagens sem usar a passarela em rodovias
Parar, ouvir e observar antes de atravessar a rua.
Usar os equipamentos de segurança quando estiver dentro de um veiculo.
Mostrar dados, e índices de acidentes com crianças no Brasil consultar a fonte abaixo no link
Construir carros com caixas de papelão
Brincar, criando ruas e avenidas com sinalização faixa de pedestre, linha continua na rua, semáforo, pedestres, ciclistas e motociclistas, papéis que fazem parte do cotidiano.

Duração das atividades
Quatro momentos de aproximadamente 2 semanas.
É necessário que o professor leia ou convide algum policial de transito para que de palestra e obtenha conhecimento sobre como desenvolver uma aula de transito.
Estratégias e recursos da aula
1° Momento: A aula deverá ser iniciada com uma conversa sobre o trânsito – espaço onde ocorre o movimento de veículos motorizados, não motorizados, pedestres e animais. Para isso, o professor poderá levar imagens de cenas de trânsito: estradas ou ruas; ressaltar a necessidade do conhecimento e cumprimento das regras, leis e sinais para organização do trânsito e evitar acidentes; destacar as pessoas que fazem parte do trânsito: ciclistas, motociclistas, motoristas e pedestres.

2° Momento: O professor deverá combinar com as crianças a organização de uma brincadeira de trânsito. Para isso, a turma deverá se envolver na construção de carros. Para a confecção dos carros, o professor poderá solicitar aos pais, caixas de papelão. Essa atividade deve ser feita  por etapas. Para a construção dos carros, deve-se cortar parte do fundo da caixa e pintar a caixa na cor de preferência de cada uma. Depois, o professor deverá entregar a cada criança um retângulo para confecção da placa. Essa etapa deverá ser orientada coletivamente: o professor deverá levar um modelo de placa a ser seguido – primeiramente, as letras, e depois, os números. Cada uma escolherá seu conjunto de letras e números. Por fim, o professor distribuirá as rodas e os faróis dos carros para as crianças “trabalharem na linha de montagem”.  

3° Momento: Após a construção dos carros de brinquedo, é hora de brincar. Para composição do cenário, o professor poderá levar alguns sinais: semáforo, placa de permitido estacionar, placa de proibido estacionar... O professor poderá assumir também um papel na brincadeira: guarda de trânsito, pedestre ou motorista. Inicialmente, os brincantes se deslocarão por uma área livre, onde, pouco a pouco, diversos enredos poderão ser desenvolvidos, de acordo com o papel de cada uma na brincadeira.
4° Momento: Ao final da aula, as crianças, organizadas em roda, poderão conversar sobre a brincadeira e produzir um painel coletivo, representando as vivências e as impressões. Sugerimos o painel, através de desenhos e pinturas, usando tinta guache e pincel, em papel madeira ou de embrulho.
 Avaliação
Observar e analisar se as crianças:
·       Participaram da construção dos carros
·       Participaram da brincadeira, vivenciando papeis/situações sociais conhecidos(as);

·       Participaram da produção do painel coletivo.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário